4 benefícios do abraço para sua saúde mental



Você provavelmente conhece alguém que adora abraçar o tempo todo. Há muitos motivos para abraçar: pode ser a felicidade de reencontrar alguém, a alegria de passar em uma entrevista de emprego, os parabéns pelo aniversário, formatura ou casamento, ou o consolo de um amigo que perdeu alguém ou alguma coisa. Ser amado, uma forma de desejar um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, ou apenas uma forma de demonstrar amor.


Enquanto outros gostam menos de abraços e os reservam para momentos especiais, nossa missão hoje é contar os benefícios do abraço para sua saúde física e mental.


Quem sabe isso não te convence a distribuir mais abraços entre seus amigos e familiares? Esses benefícios do abraço você confere a seguir!


Como o abraço afeta a saúde mental?


Vários estudos ao longo dos anos mostraram que quando tocamos ou somos tocados, partes específicas do nosso cérebro são ativadas, o que afeta os processos de pensamento, reações e respostas fisiológicas.


No entanto, é sempre importante ressaltar que nem todo mundo se sente confortável com abraços. Além disso, abraços, tapinhas nos ombros ou nos braços às vezes não são bem-vindos, especialmente se você não estiver muito perto da outra pessoa ou se estiver apenas começando a conhecê-la.


Um estudo finlandês publicado no ano passado na revista científica Scientific Reports mostrou que o toque pode ter efeitos positivos ou negativos, dependendo do contexto em que ocorre. "O toque não é universalmente associado a emoções positivas. Diferenças culturais podem levar o toque a ser interpretado como uma violação da distância interpessoal", explicam os autores no estudo.


Ainda assim, os pesquisadores continuam descobrindo os benefícios do contato físico entre as pessoas. Outro estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), em 2015, mostrou que tocar ou ser tocado é importante para os seres humanos quando a existe a necessidade de comunicar emoções e manter relacionamentos — sejam eles românticos, fraternos ou de amizade.


Veja quais são os benefícios do abraço para a sua saúde física, mental e emocional e passe a abraçar mais suas pessoas queridas a partir de hoje.


1. Diminui o estresse


De acordo com cientistas, mostrar apoio a outra pessoa por meio do toque pode reduzir o estresse da pessoa que recebe conforto. Não só isso: o toque pode até reduzir o estresse de quem proporciona conforto aos outros.


Em um estudo de 2012 realizado nos Estados Unidos, mostrou que 20 casais heterossexuais realizaram o seguinte experimento: as mulheres foram examinadas enquanto seus parceiros ficavam do lado de fora do equipamento de exame e recebiam choques elétricos desconfortáveis.


Durante esses conflitos, cada mulher segura a mão de seu parceiro. Foi observado que a atividade nas regiões relacionadas ao estresse do cérebro de cada mulher diminuiu, enquanto a atividade nas regiões cerebrais relacionadas à recompensa comportamental materna aumentou.


Acredita-se que essas mesmas partes do cérebro respondam de maneira semelhante ao abraçar alguém para confortá-lo. Ou seja, ao passar por um momento de estresse, vale a pena somente pedir um abraço.


2. Reduz as chances de pegar um resfriado


Outro estudo – este de 2014 e feito por cientistas americanos – acompanhou 404 adultos e observou que os benefícios do abraço podem ajudar a reduzir as chances de uma pessoa adoecer de um resfriado.


Aqueles com uma rede de apoio maior não eram apenas menos propensos a adoecer por um resfriado, mas também apresentavam sintomas de resfriado menos graves do que os participantes com pouca ou nenhuma rede de apoio.


Portanto, pode ser uma boa ideia adicionar abraços à sua lista de remédios para resfriado.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram os níveis de apoio visível dos participantes por meio de questionários, bem como os níveis de conflito interpessoal diário e abraços recebidos por meio de entrevistas telefônicas durante 14 noites consecutivas.


O próximo passo é expor os participantes ao vírus do resfriado e monitorar essas pessoas quanto à infecção e aos sintomas da doença.


3. Reforça a sensação de alegria


Quando uma pessoa abraça, toca ou se senta ao lado de alguém, os níveis da substância ocitocina, um hormônio encontrado no corpo, aumentam. Essa substância, que está associada à felicidade e menores níveis de estresse, é mais abundante nas mulheres do que nos homens.


O estudo descobriu que os abraços induzidos por ocitocina eram mais eficazes para mulheres que tinham melhores relacionamentos e abraçavam seus entes queridos com mais frequência. Os efeitos positivos dessa substância também podem ser vistos quando as mulheres seguram seus bebês muito perto.


4. Ajuda na comunicação com as pessoas


Em uma pesquisa, os participantes foram capazes de expressar emoções diferentes tocando estranhos. Emoções como raiva, medo, nojo, amor, gratidão, empatia, alegria e tristeza foram observadas como mais compreendidas do que probabilísticas.


Com isso, podemos supor que o abraço também pode servir como uma forma de comunicação quando faltarem palavras, não é mesmo? Abrace seus familiares e amigos e mostre um pouco do carinho que sente por cada um deles!


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo