7 dicas de rotina para organizar a sua vida

Atualizado: 29 de out. de 2021



Organizar a rotina diária é fundamental para manter a saúde e o bem-estar. Afinal, a procrastinação faz com que as atividades sejam acumuladas e, por consequência, tomem o tempo que poderíamos utilizar para obter momentos que nos fazem bem.


Portanto, saber equilibrar a rotina e conciliar as tarefas de modo correto é essencial para que tenhamos uma boa qualidade de vida e saibamos usufruir do nosso tempo de descanso com atividades prazerosas, tais como viagens, passeios ou até mesmo momentos de autocuidado.


Criação dos filhos, estudo, trabalho, finanças, casamento… Enfim, precisamos lidar com inúmeras situações de uma única vez, sem tempo para respirar ou pensar. Por isso, saber como conciliar as demandas sem deixar de lado o bem-estar é fundamental.


Nesse sentido, o equilíbrio entre os diversos âmbitos da vida deve ser sempre planejado de modo a não esgotar a mente e o corpo, mas também, a não perder o tempo precioso para a execução de tarefas. Preparamos este post de acordo com os ensinamentos de Wendel Carvalho para que você saiba como organizar sua rotina diária. Confira!


Qual a importância da rotina diária definida?


O intenso trabalho diário e o grande número de tarefas a cumprir, sejam pessoais ou profissionais, parecem ser insuficientes para cumprir tudo o que planejamos durante as 24 horas.


Cuidar da família, dos assuntos pessoais e do trabalho, assim como manter a saúde e o descanso, parecem tarefas impossíveis. Porém, quando programamos nosso dia a dia, tudo se torna mais simples.


Além de manter a vida organizada, as rotinas também auxiliam no alcance de diversas vantagens, como desenvolvimento de novos hábitos, maior produtividade, menos estresse, maior flexibilidade, melhor aproveitamento do dia, tranquilidade, entre outros.


7 passos para organizar a rotina


Um bom planejamento - não só relativo à organização da casa ou do trabalho, como também das demais atividades diárias, proporciona diversas vantagens. Veja alguns passos para você conseguir organizar sua vida:


1. Deixe seu telefone de lado pela manhã


Reserve os 10 primeiros do dia para ficar longe da tela do smartphone. Você pode verificar o clima, seu e-mail e as notícias, mas não enquanto estiver na cama. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Baylor, as pessoas que usam o celular com frequência estão propensas a ficarem mal-humoradas e terem um comportamento temperamental.


2. Tenha uma agenda e anote compromissos


Você não pode manter todos os nossos compromissos na sua cabeça. Quando você tenta fazer isso, além do alto risco de esquecer, também existe uma sensação constante de que você está esquecendo de algo.


Portanto, anotar compromissos em uma agenda é essencial para evitar esses problemas. Esta ação também contribui para melhorar a gestão do tempo e otimizar a prioridade das atividades mais importantes.


3. Se for casado, faça uma reunião de alinhamento de casal


Para evitar conflitos mais graves, o casal pode aproveitar sua liberdade de escolha e transformá-la em benefícios fazendo planos juntos. Para isso, é interessante fazer reuniões para alinhar os objetivos e propósitos do casal.


Claro, isso não é a única coisa que garante unidade e felicidade. Para isso, são necessários mais ingredientes, como gratidão, cumplicidade, companheirismo, generosidade, carinho, admiração, paciência, respeito e tolerância.


4. Gerenciamento de tarefas


O gerenciamento de atividades não é uma ciência exata, portanto, não existem métodos ou etapas infalíveis que devam ser seguidos rigorosamente.


A primeira ação, e talvez a mais importante, é entender os funcionários e identificar o que funciona para eles. Mesmo assim, algumas boas práticas para delegação são:

  • Explique claramente o que precisa ser feito e por quê;

  • A delegação geralmente é temporária, portanto, defina um prazo;

  • Treinamento completo de profissionais;

  • Esteja presente para eliminar eventuais dúvidas;

  • Destaque que é uma oportunidade de se beneficiar, aprendendo coisas novas;

  • Nunca deixe de agradecer pelo apoio do profissional e dar um feedback sobre o trabalho dele.

5. Tenha hábitos de autoconhecimento


É fundamental que você pratique constantemente a análise e a reflexão sobre suas atitudes, pensamentos e comportamentos em relação às pessoas e às diferentes situações.


Especialistas e estudiosos do assunto sugerem que anotações sobre seu dia e personalidade sejam registradas em um diário. Escrever seus pensamentos e emoções ajuda a determinar seus sentimentos em sua mente e permite uma análise mais aprofundada de sua evolução.


Depois de entender a si mesmo, é possível fazer ajustes e melhorias para alcançar a pessoa que se deseja ser, mas isso não mudará a sua essência. Em outras palavras, este também é um processo de autoaceitação!


6. Visualize sua vida a médio e longo prazo


Primeiro aprendizado: quem sabe o que quer alcançar já deu o primeiro passo para o conseguir. A criação de metas orienta o foco e torna o caminho mais fácil.

Metas de curto prazo estabelecerão uma base sólida para atingir outras metas. Vale a pena lembrar o que você pode ter ouvido de seus pais e avós: não dirija uma carruagem antes dos cavalos.


Para citar outro ditado popular, “Dar um passo maior do que sua perna é arriscado.” Definir seu plano de vida e colocá-lo em prática pode evitar tropeços no processo. Pratique a inteligência emocional.


7. Agradeça antes de dormir


Gratidão! Não estamos falando apenas de um rótulo popular, mas de um dos principais gatilhos de felicidade. Isso não é uma hipótese: isso é ciência!


Sempre que reconhecemos eventos, gestos, palavras ou pequenos detalhes do cotidiano como ‘’dignos de nota’’, nosso cérebro responde aumentando o nível de dopamina, que é um neurotransmissor responsável por trazer felicidade, emoções e prazer. Portanto, quanto mais dopamina é liberada, mais satisfeitos e felizes ficamos.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo