Alimentos que cuidam da mente (e algumas receitinhas)

Atualizado: 10 de set. de 2020


Todo tipo de alimento já foi associado a algum benefício à saúde. Atualmente existem diversas dietas para prevenir milhares de condições, ou até mesmo melhorar algum atributo.


Por exemplo: existem pessoas que comem peixe com o objetivo de ficar mais inteligente, já que ele possui ômega-3.


O neurologista americano David Perlmutter (autor dos livros A Dieta da Mente e A Dieta da Mente para a Vida, ambos da editora Paralela) defende que evitar alimentos inflamatórios, como açúcar e farinha refinada faz bem para o corpo e para a mente.


O fato é que para garantir que a mente esteja funcionando perfeitamente, não basta apenas praticar exercícios, é necessário consumir os alimentos corretos.

É correto afirmar que as emoções e a comida estão relacionadas. Todos nós tivemos momentos de ansiedade onde fomos para a geladeira.


E mesmo que não exista tratamento atual que comprovadamente cure a doença de Alzheimer ou a demência, estudos dizem que existem alimentos que desempenham um papel positivo na saúde mental em geral.


Levando isso em conta, separamos alguns alimentos que podem ajudar a cuidar da sua mente e algumas receitas bem fáceis para você conseguir fazer em casa. Confira:

Café

Pesquisadores acreditam que a cafeína e os antioxidantes do café são protetores. Um estudo finlandês com mais de 1.400 consumidores de café revelou que as pessoas que bebiam entre três e cinco xícaras de café por dia tinham 65% menos chances de desenvolver o mal de Alzheimer.


Olha essa receita incrível com café:

Petit Gateau de Café

Ingredientes:

  • 300g de chocolate ao leite picado;

  • 200g de margarina ou manteiga sem sal;

  • 2 colheres de sopa de café instantâneo;

  • 5 gemas;

  • 4 ovos inteiros;

  • 1 xícara de açúcar;

  • 1 xícara de farinha de trigo;

  • Margarina para untar.

Modo de fazer:

Misture o chocolate com a margarina e o café. Leve ao fogo em banho-maria, mexendo sempre até derreter. Deixe amornar. Reserve.


Numa tigela, misture as gemas, os ovos, o açúcar e a farinha. Junte a mistura reservada e mexa até obter uma massa homogênea.


Unte 20 forminhas e polvilhe com farinha de trigo. Coloque a massa um pouco acima da metade da forminha. Leve ao forno na temperatura de 200º preaquecido, por 10 minutos. Desenforme ainda morno sobre pratinhos individuais. Sirva a seguir.

Espinafre

Esse tipo de alimento pode colaborar muito com sua saúde mental. Vale ressaltar que o espinafre fornece muita luteína, que faz parte de uma família de pigmentos conhecida como carotenoides, que pode contribuir muito para a saúde da sua mente.


Veja uma receita muito bacana com espinafre:

Hambúrguer de espinafre

Ingredientes:

  • 1 maço de folhas de espinafre picadas;

  • 3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado;

  • 3 claras;

  • 1 cebola picada;

  • 2 dentes de alho picados ou amassados;

  • 3 colheres de sopa de azeite;

  • 1 xícara de chá de aveia em flocos;

  • 1 colher de café de fermento em pó;

  • Sal e pimenta-do-reino a gosto;

  • Noz-moscada.

Modo de fazer:

Em uma panela, refogue a cebola e o alho no azeite. Após isso, junte o espinafre picado e refogue-o até murchar e secar a água do fundo da frigideira e deixe esfriar.


Transfira-o para uma tigela, acrescente o restante dos ingredientes e misture bem. Divida a massa em 15 porções iguais e achate-as como um hambúrguer.


Aqueça uma frigideira antiaderente e grelhe os hambúrgueres dos dois lados até dourar. Sirva em seguida.

Maçãs


As maçãs são a fonte principal de quercetina, que é um químico de plantas antioxidantes que mantém os fluidos mentais protegendo as células do cérebro.


A quercetina também defende as células do cérebro de atentados de radicais livres que podem danificar o revestimento exterior dos neurônios e, eventualmente, levar ao declínio cognitivo.


Se quiser aproveitar bem, coma as maçãs com casca, que é onde se encontra a maioria da quercetina.


Olha essa receita:


Torta de maçã

Ingredientes da massa:

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo;

  • 1/3 xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente;

  • 1 colher (chá) rasa de fermento químico em pó;

  • 5 colheres (sopa) de água;

  • 1 pitada de sal;

  • 1 pitada de açúcar.

Ingredientes do recheio:

  • 3 maçãs pequenas sem casca e picadas;

  • 1/2 colher (chá) de canela em pó;

  • 1/2 xícara (chá) de açúcar;

  • 3/4 xícara (chá) de água;

  • 1 colher (sopa) cheia de amido de milho;

  • Suco de 1/2 limão.

Modo de fazer o recheio:

Coloque as maçãs picadas, a água, o açúcar, a canela em pó e o suco de limão em uma panela, cozinhe por aproximadamente 10 minutos, ou até as maçãs ficarem macias.


Agora uma dica: Caso você goste mais doce, basta apenas acrescentar mais uma colher de açúcar a receita.


Dissolva o amido de milho em 1/2 xícara de água e acrescente na panela, cozinhe por mais 2 minutos e reserve até esfriar.

Modo de fazer a massa:

Misture todos os ingredientes e amasse com a mão, caso fique grudando nos dedos acrescente mais um pouco de farinha de trigo. A massa não pode ficar muito seca.


Em uma superfície enfarinhada abra a massa até ficar bem fina, corte retângulos de 15x10cm ou do tamanho que preferir.


Passe clara de ovo nas bordas para colar bem, coloque o recheio no meio e feche as bordas com cuidado apertando com os dedos.


Depois aperte as bordas com um garfo e frite em óleo quente até dourar.

Se preferir passe no açúcar com canela.


Essa torta fica muito boa quando comida quente, passada no açúcar com canela e com uma bola de sorvete de creme.


Dica extra: vitaminas para turbinar o cérebro

Para garantir que sua mente funcione a todo vapor, será necessário o abastecimento de alguns nutrientes constantemente, e consumir o alimento correto pode ajudar nisso.


Entre as vitaminas necessárias estão o ácido graxo ômega 3, ácido fólico (ou vitamina B9), vitamina C e vitamina E (ambas com forte ação antioxidante) e os fosfolipídios.


Sementes, grãos e folhas verdes são ricos ainda em outro grupo importantíssimo: os sais minerais (zinco, selênio, ferro e fósforo), fundamentais para que o sistema nervoso se comunique adequadamente.


E aí, conhece outras receitas com esses alimentos que comentamos nesse texto? Conte para nós aqui nos comentários.







32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo