Cansado? 5 dicas para fugir de uma rotina desgastante


Embora muita gente não goste, é necessário seguir uma rotina. Afinal, há atividades diárias que precisam ser executadas em determinados horários e, portanto, o dia passa a ser organizado de acordo com prazos e objetivos pré-determinados.


Assim, como se já não bastasse os compromissos e responsabilidades de sempre, que, por sua vez, acabam gerando monotonia, agora é de suma importância lidar com uma rotina repleta de restrições e desafios, devido à pandemia global do coronavírus (Covid-19).


De maneira geral, a rotina da população resume-se às seguintes tarefas: acordar cedo, trabalhar, estudar, arrumar a casa, preparar relatórios e reuniões, pagar os tradicionais boletos… e o tempo para o lazer e descanso acaba ficando de lado.


Dessa forma, é comum que os sintomas do cansaço mental passem a surgir na vida do indivíduo, bem como a perda da produtividade e motivação, falta de energia, alterações de humor, entre uma série de outros efeitos.


Pensando nisso, preparamos este conteúdo para que você saiba como combater o cansaço mental e aplique 5 dicas para fugir de uma rotina desgastante. No post de hoje, você poderá acompanhar:


  • Quais são os sintomas do cansaço mental?

  • Quais são as causas do cansaço mental?

  • Como fugir de uma rotina desgastante?


Quais são os sintomas do cansaço mental?


O cansaço mental, também conhecido como estafa mental, ocorre quando o cérebro fica sobrecarregado por conta do excesso de informações captadas durante o dia, seja devido ao trabalho ou por de diversas situações cotidianas.


Nesse sentido, há desregulação do sistema nervoso e, também, o aumento de cortisol na concentração do sangue, hormônio este relacionado ao estresse que pode, sim, gerar cansaço mental.


O cansaço mental pode ser identificado por meio de sintomas e sintomas atribuídos ao corpo, como dores, desânimo, redução da produtividade e dificuldades para se concentrar. Entre os demais indicativos do desgaste mental, podemos mencionar:


  • Dificuldades de memorização;

  • Falta de energia;

  • Alterações de humor;

  • Diminuição da libido;

  • Perda de apetite;

  • Desinteresse por atividades que antes eram prazerosas;

  • Angústia;

  • Desânimo.


Vale mencionar que o indivíduo com sintomas de cansaço mental precisa ficar atento a eles e os respeitar, a fim de descansar e evitar a sobrecarga emocional.


Quais são as causas do cansaço mental?


O cansaço mental pode acontecer como uma resposta a qualquer situação que mantenha o cérebro ativo a todo instante. A rotina puxada, a preocupação constante com o trabalho e os estudos são pontos que podem influenciar neste aspecto.


Além disso, a exposição às informações disponibilizadas nas redes sociais ou meios de comunicação de massa, trabalho em excesso e a falta de descanso também podem ter como consequência o cansaço mental.


Como fugir de uma rotina desgastante?


Antes de mais nada, é preciso ressaltar que ter uma rotina não é algo ruim. Contar com uma organização pré-definida auxilia na execução de tarefas e na promoção do bem-estar. Afinal, trata-se de uma maneira de alcançar metas e objetivos pessoais e profissionais.


No entanto, às vezes a rotina não é saudável para a maioria das pessoas, sendo necessário ‘’escapar’’ dela para não ter a saúde mental e física afetadas. Além do mais, é importante, também, sair da zona de conforto e apostar em coisas novas e, claro, prazerosas.


Isso não significa mudar completamente a sua rotina de um dia para o outro, mas sim que existem pequenas ações que podem auxiliar a quebrar a monotonia de um dia repetitivo sem grandes alterações estruturais. São elas:


1. Experimente um novo percurso


A locomoção é parte fundamental na rotina de qualquer pessoa. Afinal, é necessário ir para diferentes lugares durante o dia, independente do meio escolhido para o transporte. Mas ele costuma ser muito monótono, justamente por ser repetitivo.


Sendo assim, experimentar um novo percurso é uma alternativa muito simples para fugir de uma rotina desgastante. Não precisa ser uma mudança radical. Opte por uma nova linha de metrô; ou mesmo caminhe até a estação de trem para observar o trajeto.


2. Converse com pessoas novas


Muito provavelmente você tem um colega de faculdade ou de trabalho com o qual nunca conversou, certo? Então, que tal aproveitar a oportunidade e fazer novas amizades? Com isso, você interage com uma pessoa nova, o que contribui para abrir sua meta em relação a novos assuntos e opiniões.


3. Fique um tempo longe das redes sociais


Embora sejam meios de socialização, ficar um tempo longe das redes sociais pode fazer muito bem para a mente. Isso pois com o fácil acesso às informações, estamos a todo momento expostos a notícias ruins, que podem influenciar negativamente a nossa rotina.


Adotar o hábito de passar um tempo sem as redes sociais estimula você a buscar por outros meios de entretenimento, tratando-se, inclusive, de uma forma de autoconhecimento.


4. Surpreenda alguém


Surpreender alguém é uma alternativa muito divertida de fugir da rotina. Não precisa pensar em grandes declarações: uma coisa pequena faz toda a diferença! A parte positiva é que, você não estará apenas agregando valor a sua vida, como também a de outra pessoa.


5. Faça uma viagem


Por último, e não menos importante, fazer uma viagem é uma das melhores saídas para fugir de uma rotina monótona e desgaste. Pense em um lugar divertido e relaxante, como um hotel fazenda ou mesmo uma pousada paradisíaca. Se programe e faça uma viagem já!


E você, tem algum método para aliviar o estresse diário e fugir de uma rotina relaxante? Compartilhe com a gente!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo