Como manter a saúde mental em tempos de pandemia

Atualizado: 24 de jun. de 2021



A pandemia gerada pelo coronavírus (Covid-19), impactou a construção de relações sociais e causou mudanças bruscas na rotina da população. Assim, o momento pelo qual o mundo está passando não afetou apenas a saúde física das pessoas, como também o equilíbrio emocional de cada uma delas.


A Covid-19, além de provocar complicações na saúde física, afetou diretamente a saúde mental dos indivíduos, principalmente após o isolamento social, que, apesar de conter a disseminação do vírus, impossibilitou o contato entre as pessoas e a realização de eventos e encontros.


Dessa forma, a falta de interação social e a vida integralmente em casa passou a ser uma questão delicada para a população, uma vez que nós, seres humanos, precisamos da companhia um dos outros para nos comunicarmos, mantermos laços e, claro, o nosso bem-estar.


Embora as redes sociais e os aplicativos diminuam a distância que o isolamento social causou, nada se compara ao contato, toque e a comunicação físicos. Além disso, os noticiários mostram, a todo momento, os impactos da pandemia, o que desencadeia uma carga emocional ainda mais pesada.


Para auxiliar você durante esse período tão delicado, preparamos este conteúdo, no qual você verá algumas sugestões para manter a saúde mental em tempos de pandemia. Continue lendo e confira!


Por que é importante cuidar da saúde mental?


Qual foi a última vez que você ficou em paz, sem se preocupar com o trabalho, problemas financeiros e esqueceu um pouco da realidade do mundo? Aliás, você já parou e refletiu sobre a sua saúde mental durante a pandemia?


Infelizmente, ainda há limitações na sociedade sobre reservar momentos para cuidar de nós mesmos. Muitas pessoas acabam praticando o auto-julgamento por terem separado um dia para fazer coisas que gostam; ou mesmo por não fazerem nada.


O fato é que as pessoas não conseguem se distanciar de seus próprios problemas para resolvê-los. Muito pelo contrário: elas ficam presas àquilo e se identificam com suas perturbações ou perturbações alheias, principalmente agora, durante a pandemia.


Desde pequenos, somos ensinados a persistir, nunca olhar para trás, permanecer forte diante de momentos complicados. Parece que apenas para sobreviver precisamos construir muros ao redor de nós; fortalezas inimagináveis.


Respirar fundo em meio a situação que estamos vivendo também é fundamental. Na verdade, é ainda mais importante do que tentar ser forte o tempo todo. Quando não paramos para refletir, danificamos a nossa saúde mental.


4 dicas para manter a saúde mental


Como devemos resolver nossos problemas? De que maneira mantemos a nossa saúde mental durante um ano tão difícil? Como agir nas redes sociais para diminuir a quantidade de informações que recebemos diariamente? Como aproveitar momentos especiais?


Antes de mais nada, você não precisa dar um basta em todos os seus compromissos e obrigações. Embora cansativa, a rotina é importante para nos organizarmos, de modo a alcançar todos os objetivos traçados. Exatamente por isso é essencial saber como cuidar da saúde mental.


Para isso, você deve encontrar uma forma saudável, prazerosa e que possa ser encaixada em sua rotina para equilibrar o lado bom da vida. Pensando em auxiliar neste processo, confira, a seguir, 4 dicas para manter o equilíbrio emocional em tempos de pandemia:


1. Tente encontrar a felicidade fora das redes sociais


Lembre-se que a sua vida não está na tela do celular, mas, sim, na realidade. Claro, com a pandemia é difícil sair ou participar de eventos, mas você pode encontrar outras maneiras para aproveitar o seu tempo livre.


De acordo com uma pesquisa realizada pela instituição de saúde pública do Reino Unido, Royal Society for Public Health, e do Movimento de Saúde Jovem, o compartilhamento excessivo de fotos no Instagram influencia negativamente a autoimagem, prejudica o sono e aumento o medo de não estar vivendo tudo o que a vida tem para oferecer.

Portanto, leia um livro, pratique exercícios em casa, veja uma série ou um filme, entre outras coisas que realmente possam contribuir para o seu bem-estar. Ou seja, reserve um tempo para se desconectar das redes sociais. Isso com certeza fará com que você se sinta melhor.

2. Medite


Estudos comprovam que a meditação é capaz de gerar uma série de benefícios para a saúde física e mental, tais como capacidade de concentração, diminuição da ansiedade, redução de perda de memória, redução de vícios, e por aí vai.


Com a mente quieta e silenciosa, conseguimos administrar os nossos problemas de maneira mais efetiva, além de ser uma ótima forma de nos conectarmos com a nossa mente e, também, com o nosso corpo.


A meditação, ainda, melhora o sono e nos ensina a controlar os nossos pensamentos e emoções, separando o que é bom do que não é.


3. Consulte um psicólogo


Consultar um psicólogo é de extrema importância para praticarmos o autoconhecimento, principalmente durante o isolamento social. Por conta da pandemia, muitos profissionais realizam sessões online, a fim de evitar a contaminação do coronavírus.


Com o acompanhamento psicológico, descobrimos nossos detalhes e características mais íntimas, cuidamos de traumas e compreendemos os motivos pelos quais passamos por situações difíceis e que, muitas vezes, fogem do nosso controle.


Dessa forma, é possível melhorar o desenvolvimento profissional, construir relacionamentos mais sólidos e desenvolver o amor-próprio, entre muitos outros benefícios fundamentais para manter a saúde mental.


Assim que você perceber que não está fluindo, que você não se sente bem com a sua vida atual, busque ajuda profissional para encontrar as causas do seu desconforto. Não tenha medo, pois é muito mais fácil resolver logo no início.


4. Seja um pouco egoísta


Que tal começar a pensar mais em você? O que te faz bem? O que te faz mal? O que você gosta de fazer? Observe a sua vida sob outra ótica. Se permita fazer algo que lhe traga felicidade e boas memórias.


Além disso, afaste-se de pessoas tóxicas, de problemas que não estão no seu controle e da preocupação em excesso. Não se sinta mal por fazer coisas que lhe fazem bem. Desacelerando, você encontrará a melhor maneira de manter a sua saúde mental diante de situações tão conturbadas.


Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e acompanhe o nosso blog!


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo