Como tratar a insegurança no relacionamento?



Embora muita gente pense ao contrário, a insegurança não surge do dia para noite. Ela é consequência de pequenos sinais que o outro dá: uma resposta mais grosseira, um olhar insinuoso para outra pessoa, uma estranha impaciência que antes não existia…


É comum que, nestes casos, a pessoa insegura tente ignorar esses sinais, evitando oferecer a devida atenção a eles. Ela costuma pensar que tudo é coisa projetada por sua própria cabeça e que não vale a pena se preocupar com algo que não aconteceu.


Porém, basta uma discussão desnecessária ou um comentário infeliz e, pronto: a insegurança se estabelece e, se ela vier acompanhada de ciúme e angústia, suas duas maiores aliadas, esta junção pode impactar a harmonia e o futuro da relação.


É claro que muitas pessoas são inseguras por experiências passadas e, assim, acabam projetando isso em seu parceiro. Por isso, preparamos este post com o intuito de fazer com que você consiga tratar a sua insegurança e melhorar a confiança no seu relacionamento. Vamos lá?


5 passos para tratar a insegurança


Será que aquele beijo apaixonado e aquele olhar de admiração que rolavam toda vez que vocês se viam deram lugar a um selinho sem graça e sem vontade é um sinal? Ou talvez a relação simplesmente tenha caído na rotina?


A mente da pessoa insegura, durante uma situação como essa, já ligou o sinal de alerta e aquela pergunta insuportável resolveu aparecer: será que meu parceiro tem outra? Se esse pensamento realmente apareceu, calma! Tudo isso pode ser apenas problemas criados pela sua mente.


Dessa forma, pode ser, também, que para seu parceiro o relacionamento de vocês esteja caminhando bem e que estes problemas que você pensa estar vivendo não passam de coisas da sua cabeça. Então, uma dica: respire e analise a situação como um todo, não apenas sob seu ponto de vista.


1. Invista em você e se valorize


Quando nos encontramos inseguros em uma relação, é comum pensarmos ‘’O que será que estou fazendo de errado?’’ ou ‘’Será que meu parceiro ainda tem interesse em mim?’’. Primeiro, você precisa saber que não há nada de errado com você.


O primeiro passo é conversar abertamente sobre o que você está sentindo com o seu parceiro. Talvez, um terapeuta de casal possa contribuir para esse processo, visando compreender os motivos pelos quais você tem sentido insegurança.


Além disso, é fundamental cuidar de você. Invista em momentos de autocuidado, autoconhecimento e amor-próprio. Você pode separar uma hora da sua semana para praticar exercícios físicos, yoga, meditação, ir ao salão de beleza, e por aí vai.


Outra maneira de tratar a insegurança é investir no seu crescimento profissional. Faça cursos, participe de palestras e workshops e construa uma rede de networking. Lembre-se que conhecimento ninguém jamais poderá tirar de você.


2. Não deixe o ciúme comandar a relação


O grande vilão de qualquer relacionamento é o ciúme. Ele gera comportamentos incomuns, fazendo com que o indivíduo fique completamente fora de controle. Por isso, ele pode abalar o relacionamento até de casais mais estáveis e bem resolvidos.


Uma pequena discussão sobre uma foto curtida no Instagram ou alguma mensagem recebida nas redes sociais é super normal, mas que pode acabar desencadeando um nível de ciúme alto por conta da insegurança.


O ciúme passa a ser um problema quando se tem atitudes que ninguém imaginava, como seguir o seu parceiro para saber aonde ele vai ou então esperá-lo dormir para mexer no celular dele e checar as mensagens, os e-mails de trabalho, as fotos.


Para evitar essa possível realidade, converse, reflita sobre suas atitudes e busque o autoconhecimento. Não deixe o ciúme dominar a sua relação e transformar o amor em algo pesado; uma carga.


3. Controle suas expectativas


Um dos maiores desafios do ser humano é controlar suas expectativas. É preciso entender que o outro não é perfeito, e nunca vai ser. Ele tem fraquezas, problemas, altos e baixos e inúmeros defeitos, como qualquer ser humano.


Se você imagina estar construindo uma relação com uma pessoa acima do bem e do mal, que não está suscetível a cair em tentações, está enganada e vai acabar se decepcionando. Portanto, não deixe a insegurança te dominar caso ela faça algo que te chateie.


Muito pelo contrário! Acredite no amor de vocês e crie ainda mais confiança. Você não é perfeita, nem ele. Não projete a sua felicidade no outro. Lembre-se que ela depende única e exclusivamente de você.


4. Respeite o espaço do outro


Todos nós precisamos de liberdade. Afinal, nós não nascemos grudados e, por isso, precisamos de espaço para realizar atividades das quais gostamos. Então, respeite o seu tempo e, principalmente, o tempo do seu parceiro.


Vale destacar que ninguém se sente à vontade com alguém que o encha de perguntas o tempo todo, isso gera impaciência e desinteresse em ambas as partes. Se forem casados, respeite o tempo do parceiro caso ele queira se afastar um pouco. Isso fará muito bem a relação.


5. Seja claro


Quantas vezes você já o chamou (mentalmente) de idiota e chorou de raiva porque ele não entendeu o que você quis dizer quando estava chateada? Quantas e quantas vezes você usou todo o seu repertório de indiretas, algumas bem irônicas, e nada surtiu efeito?


Homens e mulheres são muito diferentes nesse sentido, então faça um grande favor a vocês: se algo estiver te incomodando, simplesmente fale. Nada de joguinhos ou charminhos.


E o que isso tem a ver com insegurança? Simples: se você estiver se sentindo insegura ou com ciúmes, não fique se escondendo por trás de caras e bocas, fazendo birra, com poucas palavras e cara de poucos amigos. Chame-o ou chame-a para uma conversa.


Sim, é simples assim e você precisa encarar o diálogo se quer que o seu parceiro te entenda melhor. Diga o que você está sentindo e, mais do que isso, o porquê de você estar se sentindo assim.


A comunicação é uma arte que poucos casais dominam. Uns se calam e não conversam sobre aspectos importantes da relação, seja por receio de magoar o outro, seja apenas por acomodação.


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo