Pensamentos intrusivos: o que são e como combatê-los



Pensamentos intrusivos parecem ser um fenômeno inexplicável ou, pelo menos, têm uma explicação impensável para a maioria das pessoas.


Você está trabalhando e, de repente, um pensamento desastroso surge e o deixa preocupado. Ou você faz as tarefas domésticas em casa como de costume, mas por algum motivo, um devaneio negativo de repente aparece em sua mente.


Parece que você não pode controlar seus próprios pensamentos! Pessoas com pensamentos intrusivos muitas vezes se envergonham disso e se colocam em uma situação de sofrimento silencioso.


No entanto, existem explicações para os distúrbios causados ​​por esses tipos de devaneios, bem como maneiras de lidar com eles. Por isso, no post de hoje você verá os seguintes assuntos:

  • O que são pensamentos intrusivos?

  • Exemplos de pensamentos intrusivos;

  • Como lidar com pensamentos intrusivos?

O que são pensamentos intrusivos?


São pensamentos indesejados que podem surgir repentinamente em nossas mentes, sem qualquer aviso. Muitas vezes são desagradáveis, estressantes e até violentos. Não é incomum que a mesma cena apareça repetidamente, causando turbulência emocional.


Quando você tem preocupações em potencial, como a felicidade do seu filho ou em sua carreira, ela costuma estar envolvida com devaneios. Da mesma forma, este tipo de pensamento pode envolver um comportamento em que o indivíduo considera inaceitável ou inapropriado.


Isso acontece porque o indivíduo com pensamento intrusivo não pode explicar o que está acontecendo, ele começa a temer ou mostrar a paranóia em relação a eles. "As pessoas normais pensam dessa maneira?"; ela pode muitas vezes perguntar a si mesma.


Outra razão para essa ideia causar tanta dor é que eles são ao contrário do que as pessoas querem e pretendem fazer. Esse contraste choca a maioria das pessoas, permitindo-lhes focar em seu ritmo moral.


Embora desagradável, esses devaneios são apenas devaneios. Como alguns podem pensar, estes não são maus sinais ou avisos da mente subconsciente. Eles geralmente causam ansiedade, estresse e medo, mas na verdade não têm nenhum efeito sobre a sua vida.


Exemplos de pensamentos intrusivos


Um dos pensamentos intrusivos mais comuns está relacionado à segurança. Por exemplo, os indivíduos muitas vezes se veem dirigindo em direção a multidões, machucando outras pessoas ou batendo em árvores e se machucando.


Pensamentos de caráter sexual são igualmente comuns. Eles podem trazer muita vergonha a quem os têm, especialmente quando as fantasias sexuais são incoerentes com as crenças e sexualidade da pessoa.


Além disso, o indivíduo pode ter medo de se sentir sexualmente atraído de maneira inadequada, como por familiares ou filhos. Os pensamentos intrusivos que envolvem medos e preocupações sobre o relacionamento e / ou futuro do cônjuge.


Eles aumentam a insegurança pessoal, fazendo com que ele busque constantemente a aprovação de seu parceiro e duvide de sua lealdade. As formas "suaves" desses tipos de pensamentos são expressas em sua própria voz interior.


Assim, "sugestões" e afirmações negativas começam a inundar a mente, como "Você nunca conseguirá o emprego. É melhor desistir!" Ou "Você acha que eles gostam de você? Eles estão falando mal de você agora".


Outras formas de pensamento intrusivo envolvem religião. Uma pessoa religiosa pode temer que Deus não perdoe seus pecados e muitas vezes precisa se punir por não ser considerada uma atitude religiosa apropriada, repetir orações muitas vezes ao dia e pedir desculpas por suas ações ou por aqueles que estão próximos a ela.


Como lidar com pensamentos intrusivos?


Tenha em mente que o processo para se livrar deles pode ser longo. Algumas pessoas relatam o fortalecimento desses devaneios quando fazem tentativas de combatê-los. Essa característica é comum e não deve ser interpretada com estranheza. Não significa que você é anormal ou incapaz de ser ‘curado’, tudo bem?


Além disso, existem maneiras corretas de lidar com eles. Na ânsia para afastar o pensamento que desperta desconforto, as pessoas acabam tornando-os mais frequentes e alimentando a própria ansiedade.


Levando esses fatores em consideração, listamos três maneiras de lidar com os pensamentos intrusivos. Confira!


1. Procure terapia


A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) é mais adequada para tratar padrões de pensamento disfuncionais. Durante as reuniões com psicólogos, os pacientes aprendem a administrar seus pensamentos de maneira eficaz.


Isso é feito de várias maneiras: entendendo os mecanismos por trás dos devaneios indesejados, determinando como eles refletem comportamentos e emoções e substituindo os negativos por padrões positivos.


2. Aceite a presença do pensamento


A primeira reação das pessoas geralmente é eliminar a ideia o mais rápido possível. Por causar ansiedade, medo e dúvida, essa atitude pode parecer a maneira mais lógica de resolver um problema. Mas fingir que essas ideias não existem ou tentar afastá-las imediatamente não é a maneira certa de lidar com elas.


Além de exacerbar as emoções negativas, isso também pode estimular mudanças de comportamento, como evitar determinadas situações e locais, afastar-se das atividades diárias e repensar. Embora pareça difícil, você precisa aceitar que tem essa ideia. A negação sempre torna tudo mais complicado.


3. Inicie uma conversa mental positiva


Depois de aceitar pensamentos intrusivos, você pode iniciar uma conversa psicológica positiva consigo mesmo. Você pode dizer a si mesmo que tem um devaneio indesejado, mas que é apenas um devaneio. Ter essa ideia não significa que você vai se comportar como imaginou ou que é malicioso em seu coração.


Da mesma forma, se pensamentos invasores começarem a dizer coisas ruins sobre você, aceite-os e desminta-os, como se estivesse confrontando outra pessoa. Fale coisas positivas sobre você, além de ressaltar as suas qualidades e conquistas.


Então, se imagine conquistando seus objetivos e vivendo a vida dos seus sonhos. Se você estiver prestes a ter uma conversa difícil ou passar por uma situação complicada, imagine os melhores cenários possíveis.



7 visualizações0 comentário