Planejamento de vida: como criar o seu em 6 passos



Você já parou para pensar na sua vida daqui há 10 anos? Será que você estará na mesma empresa que trabalha hoje? Terá mudado de cidade, bairro ou até mesmo de país? Será que você terá sido promovido ou conquistado o emprego dos sonhos?


Certamente você ficou intrigado com essas perguntas, não é mesmo? Afinal, nada na nossa vida acontece por acaso, visto que por trás de toda atitude ou ação que executamos, existe um planejamento prévio.


Mas calma! Isso não significa que as nossas decisões estão baseadas em um roteiro de vida. Na verdade, somos nós que definimos metas e objetivos pessoais e profissionais a serem alcançados. E é exatamente isso que faz com que alcancemos o resultado desejado.


No entanto, para que isso ocorra, é necessário elaborar um planejamento de vida, além de tomar muito cuidado com as escolhas que fazemos no caminho. Com isso, alinhar seus objetivos de vida os tornam mais realistas e permite que você atue em cima deles.


Pensando nisso, que tal entender um pouco mais sobre a importância do planejamento de vida e como criar um plano que reflita seus sonhos e metas? Continue lendo e confira um passo a passo valioso!


Qual a importância do planejamento de vida?


Muito se tem falado sobre a importância de elaborar um planejamento de vida. Mas, afinal, qual a real razão para contar com um?


Em resumo, com um planejamento de vida bem estruturado, você consegue prever, antecipar e executar ações futuras de forma assertiva, uma vez que ele está relacionado á criação de estratégias que viabilizam o seu crescimento pessoal e profissional.


Além disso, o planejamento de vida pode gerar a você um equilíbrio contínuo em suas relações profissionais e pessoais. Ele ainda é responsável por:

  • Refletir o seu momento de vida atual;

  • Desenvolver o seu autoconhecimento;

  • Mostrar novas alternativas;

  • Gestão de tempo e recursos;

  • Comprovação do que é prioridade.

Dessa forma, podemos afirmar, com segurança, que o plano de vida é fundamental para que você alcance resultados maiores e encontre, de forma assertiva, o melhor caminho a ser trilhado.


Como criar um planejamento de vida?


Agora que você já sabe a importância de contar com um plano de vida bem estruturado, chegou a hora de colocar ás mãos na massa! Listamos, a seguir, 5 passos simples para construir o seu planejamento de vida:


1. Avalie a sua situação atual


O primeiro passo para criar o seu plano de vida é avaliar a sua situação atual. Para isso, analise a sua posição profissional, como está a sua vida pessoal, bem como suas relações e formas de agir.


Essa medida irá te auxiliar á identificar ameaças e oportunidades presentes no seu caminho, além de mantê-lo focado nos objetivos e metas pessoais.


2. Defina objetivos


Outro ponto que pode contribuir - e muito! - com a criação do seu planejamento de vida é a definição de objetivos. Para isso, é necessário avaliar seus principais interesses pessoais e profissionais e, posteriormente, estipular metas adequadas a sua realidade.


Além disso, lembre-se de reservar um período para refletir sobre suas ações e comece a trabalhar com base nisso para que você exercite a sua automotivação. Afinal, o caminho é longo e, por isso, é preciso trilhá-lo com cuidado.


3. Estipule um tempo


É importante destacar que um plano de vida pode contar com diferentes durações. Isso porque o período do seu planejamento depende muito dos objetivos traçados e da sua determinação para alcançá-los.


Diante disso, é interessante que você defina o tempo, etapas e prazos que farão parte do seu planejamento. Uma ótima saída para fazer com que os resultados sejam efetivos é separar o seu plano em objetivos menores, ou seja, metas a curto prazo.


Dessa forma, você pode acompanhar e, principalmente, identificar os avanços que conseguiu fazer durante a jornada.


4. Busque a sua motivação


Engana-se quem pensa que a motivação é um fator que deve ser deixado de lado. Na verdade, qualquer atividade, por mais simples que seja, precisa ser realizada com muita motivação e determinação.


Para isso, comece a desenvolver a sua automotivação e pratique-a para que se torne um fator presente na sua vida. Quando uma habilidade se faz presente durante o caminho, passamos a realizar ações com ânimo e entusiasmo.


Com isso, os compromissos e responsabilidades que antes você encarava como uma obrigação, tornam-se um grande prazer.


5. Faça uma autoavaliação


Faz parte da criação de um planejamento de vida a capacidade de avaliar a si próprio, também conhecida como a habilidade autoavaliativa. Para isso, reflita sobre suas habilidades e competências. São elas:

  • Características e habilidades pessoais e profissionais;

  • Quais competências te ajudaram a crescer;

  • A adaptação do seu comportamento diante das mais diversas situações;

  • Seus valores;

  • Limitações;

  • Melhorias;

  • Entre outros.

Todos esses aspectos são importantes para que você compreenda quais características e habilidades será necessário fortalecer, ou seja, os pontos que contribuem com a sua evolução pessoal.


6. Use perguntas poderosas


Outra forma indispensável na hora de criar o seu plano de vida é utilizar perguntas poderosas. Em outras palavras, são questionamentos que te ajudam a compreender com maior clareza o que você sonha alcançar.


Dentre desse conjunto de perguntas, podemos destacar: qual a minha missão? Qual o meu propósito? O que realmente me deixa feliz? O que eu sempre sonhei conquistar, mas nunca tive coragem? Onde eu quero estar daqui a 5, 10, 15 ou 20 anos?


Estes são alguns modelos de perguntas que você pode utilizar para criar o seu plano de vida. Ouse e vá além!


Dica bônus


Por fim, lembre-se que ir além de seus objetivos também é uma forma de inovar na criação do seu plano de vida. E, se você sente uma vontade enorme de aplicar mudanças, esse é o momento ideal!


Portanto, não tenha receio em pensar fora da caixa e sair da sua zona de conforto. Isso quer dizer que você conta com um espírito livre e que busca por inovação. Com isso, certamente você se sentirá uma pessoa mais realizada, pessoal e profissionalmente.


E você, já elaborou um plano de vida ou um planejamento de carreira? Se sim, compartilhe outras dicas com a gente e com os demais leitores!





13 visualizações0 comentário