Propósito de vida: 6 passos para encontrar o seu



Propósito da vida: esta é uma questão tão profunda e difícil de responder quanto encontrar o segredo da felicidade.


Acontece que descobrir seus objetivos não é uma tarefa tão simples e não há segredos para se tornar mais feliz. O que existe, sim, é o trabalho diário de se descobrir e desenvolver continuamente seus aspectos físicos, mentais e sociais.


Entre os erros e o sucesso, aprendemos e construímos relacionamentos melhores conosco e com as pessoas ao nosso redor.


Portanto, ao longo deste artigo, entenderemos melhor como descobrir nossos próprios objetivos de vida, e abandonar as características usuais de estagnação e falta de direção, e caminhar em direção a novas ambições e conquistas. Confira!


O que significa ter um propósito de vida?


O objetivo na vida é basicamente o seu estímulo, o combustível para se levantar e ir para a cama pela manhã - de preferência em horários regulares.


Afinal, estamos falando de uma tarefa que você identificou como prioritária no seu dia a dia. Esta é a diferença entre fazer algo prazer e fazê-lo porque disseram que você deve fazer.


No entanto, por favor, não se engane: o propósito da vida não é necessariamente milagroso, nem é necessariamente uma epifania repentina. Este é um exercício e você deve reconhecê-lo de diferentes maneiras e executá-lo de forma contínua.


Qual a importância de estabelecer um propósito?


Como já enfatizamos, o propósito da vida é valioso porque aumenta seus princípios e valores, estimula a busca de suas ambições e forma o próprio modelo de sua personalidade e existência.


Em outras palavras: é a sua força para continuar lutando pessoal, profissional e espiritualmente todos os dias. Do contrário, quando simplesmente vagamos sem rumo, não apenas nossas vidas ficam estagnadas, mas também pensamos que estamos nos movendo e indo a algum lugar.


Também é importante notar que, mesmo que você considere a motivação para melhorar nossa saúde e qualidade de vida, o seu encontro com os objetivos de vida lhe trará benefícios físicos.


6 dicas para encontrar seu propósito


Para que o seu propósito de vida não permaneça adormecido por mais tempo, dê uma conferida em nossas dicas sobre o assunto!


1. Propósito se manifesta com a prática


Isso significa que propósito não é sinônimo de trabalho. Nossas atividades profissionais podem nos ajudar a colocar esse objetivo em prática, mas isso não vai acabar neste ambiente.


Outra coisa importante é que, se você deixar um pedaço de papel preso na porta da geladeira, descobrirá que seu propósito é inútil. Você sabe qual é o seu propósito, mas agora você precisa divulgá-lo para o mundo.


A prática também mostra que às vezes, apenas na imaginação ou em exercícios mentais, é difícil descobrir o que nos move e o que gostamos de fazer. Somente através da prática, teste e experimentação podemos perceber no que somos bons e o que faz sentido para nós.


2. Olhe para o que te incomoda


Até certo ponto, o propósito está relacionado ao sofrimento de cada um. Se nosso propósito vem de nossa dor, ninguém pode dizer às pessoas o que aprendemos com essa dor melhor do que nós mesmos.


Então, você sabia que quando finalmente decidimos retirar o plano do papel, sempre haverá vozes tentando minar nossa atitude? "Ei, o que você está fazendo? Saia, você tá com muita vergonha", essa é a acusação dela contra nós.


Pois bem, se sabemos que o maior especialista é aquele que fala de sua vida, e não o que pensa ser ou como do ponto de vista de quem está vivo, então será mais fácil calá-la.


3. Estabeleça prioridades


Se tudo funcionar, ou se tudo for essencial, perderemos a clareza de nossos objetivos. Você pode ser bom em muitas coisas, gostar de tarefas diferentes e seguir carreiras diferentes, mas sempre há uma que é mais significativa e ressonante saindo de você e tocando a outra.


Definir um tempo para se concentrar nas prioridades é uma forma de evitar ser oprimido por rotinas, obrigações e responsabilidades apressadas e chegar ao fim da vida sem saber como você pode contribuir para tornar o mundo um lugar melhor.


4. Entenda o que é importante para você


No diálogo sobre autoconhecimento, há muita discussão sobre os valores que possuímos. Por exemplo, sua honestidade não é um valor. Os valores estão relacionados ao que é importante para cada um de nós.


Nesse caso, seja honesto consigo mesmo. Você conhece a história de como escolher a batalha que queremos enfrentar? De modo geral, sempre escolhemos aqueles que prejudicam as questões essenciais de nossas vidas.


Então, tente determinar o que é importante para você. Esse exercício deve levar em consideração os acontecimentos de nossas vidas, como os seus dias mais felizes, tristes ou deprimidos... o que eles têm em comum? Pode haver pistas aí.


5. Olhe para o que você já faz


Não busque desesperadamente um alvo perdido, mas procure naquilo que já faz uma razão para seguir em frente.


Você reconhece essa atividade que você acha que não é a ideal, mas continua fazendo porque paga a conta no final do mês? Então, você não precisa desistir de tudo e arriscar o que tem e o que não tem. Tente ver sua realidade sob uma nova luz.


Como posso melhorar o ambiente? Como ajudar as pessoas que o compartilham com você? Como você pode impactar positivamente a vida dos que são, direta ou indiretamente, atingidos pelo seu trabalho?


6. Tenha em mente que é um processo


Por fim, não se desespere. Todo mundo pode encontrar seu propósito, uma missão nobre. No entanto, se ficarmos apegados a descobri-la rapidamente e a todo custo, vamos emperrar em algum ponto.


O grande ponto é, todos os dias, levantarmos dispostos a fazer o melhor que podemos. O propósito aparecerá. Porque, no fundo, ele não deixa de ser uma viagem (que só se faz com o passar dos dias, com o tempo): uma viagem para dentro de nós mesmos. E, por vezes, ela é demorada.


Se você quiser conhecer um conteúdo mais aprofundado sobre o assunto, acesse nosso conteúdo no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=b_PpZ2pVnJI

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo