Saiba tudo sobre Saúde mental, Emocional e Física


Quando falamos em saúde, geralmente fazemos a associação com o corpo e suas necessidades. É de conhecimento geral que o ser humano, para alcançar um bom nível de saúde física, precisa se comportar de determinada maneira.


Ou seja, precisa incluir em seu cotidiano visitas regulares ao médico, a prática de exercícios físicos e também a alimentação equilibrada.


Por isso, a saúde mental está se tornando um assunto cada vez mais comum nas rodas de conversa, relações familiares, ambientes corporativos e veículos de comunicação.


A Organização Mundial da Saúde (OMS) mostrou em uma pesquisa que a depressão afeta 11,5 milhões de brasileiros, enquanto problemas associados à ansiedade atingem mais de 18,6 milhões de pessoas no país.


Essas doenças comprometem a estrutura social e também física da pessoa. De acordo com OMS, a saúde mental, emocional e física são áreas interdependentes na vida de uma pessoa e precisam do mesmo nível de cuidado.


Pensando nisso, preparamos este conteúdo para falar um pouco mais sobre a saúde mental, emocional e também saúde física. Confira!


Entenda como a saúde mental e emocional podem impactar a saúde física


A influência da mente no surgimento de sintomas físicos é mais comum do que parece. Um campo de estudo entre a medicina e a psicologia (chamado de psicossomática) parte do conceito de que as emoções afetam alguns processos orgânicos do corpo e podem também aumentar o risco de desenvolver ou agravar doenças.


Por exemplo, uma crise de ansiedade pode vir acompanhada de calafrios, taquicardia, sudorese, falta de ar ou até mesmo tontura.


Outro exemplo: na síndrome do pânico, esses efeitos são mais atenuantes e podem até mesmo ser confundidos com um ataque cardíaco.


Outro problema muito comum em pessoas que sofrem de ansiedade e depressão são os problemas digestivos.


A “gastrite nervosa”, por exemplo, além de ser a mais comum, pode estar relacionada com a ansiedade e estresse, onde os sintomas são dores estomacais, azia e queimação.


Além disso, as doenças psicológicas também podem interferir na imunidade, isso porque a atuação das células de defesa do organismo é prejudicada pelas alterações hormonais que ocorrem em casos depressivos.


Por estes motivos, é de grande importância estar atento a saúde mental, emocional e também a saúde física.


Veja algumas dicas bem bacanas para cuidar da sua saúde mental e também da sua saúde física:


Identificar pensamentos e emoções


O primeiro passo para conquistar a saúde mental é nos tornarmos conscientes do processo de geração de emoções e sentimentos.


Para fazer isso, é necessário tirarmos nossas reações do piloto automático, identificando como as circunstâncias nos afetam e quais os pensamentos que vêm à nossa mente.


Por uma semana, faça um diário. Antes de dormir, relate cerca de cinco ou seis acontecimentos, bem como as emoções que eles despertaram em você.


O importante é não se culpar pelas emoções negativas, mas pensar que é necessário mudar seu padrão de pensamento para evitar que isso o prejudique ou gere comportamentos inadequados.


Fazer caminhadas


Andar é um exercício menos valorizado do que deveria. Uma boa caminhada mantém o coração no ritmo certo, ajuda na saúde física e ainda representa uma oportunidade para um bom momento de reflexão consigo mesmo.


Essa pausa pode despertar a criatividade e contribuir diretamente para o desempenho profissional. E aqui ainda vai mais uma dica: caminhar sob o sol tem um efeito ainda mais forte de revitalização (mas não esqueça o protetor solar).


Não se comparar


É muito importante para a sua saúde mental que você não se compare às outras pessoas e desenvolva um conceito positivo a respeito de si mesmo.


Uma ótima maneira de cuidar da saúde emocional e não se abater por comparações irreais é ficar atento à forma como utiliza as redes sociais. Siga pessoas reais, que não projetam ideais inatingíveis de perfeição física, sucesso e felicidade.


E mesmo seguindo perfis comuns, tenha consciência de que, para cada foto linda postada uma vez por semana, existem dias de problemas e desafios que não foram publicados.


Colocar as ideias no papel


Quando tiver alguma ideia que achar legal durante o dia, anote-a. Nós nunca sabemos quando um pensamento aparentemente simples pode se tornar algo importante depois.


O hábito de anotar ideias e observações rotineiras tem também a vantagem de esvaziar a nossa cabeça e deixá-la livre para trabalhar em novos pensamentos.


Dormir bem


Faz bem para a sua saúde mental e também para a sua saúde física ter boas noites de sono. Embora muitas pessoas digam que o ideal são oito horas de sono, não há um número certo.


O importante é saber, e dormir, o tempo necessário para a saúde e bem-estar do seu organismo. Uma boa noite de sono é o primeiro passo para você ser mais produtivo.


Criar estratégias para evitar situações que afetam a sua saúde emocional


Mesmo sendo importante fortalecer sua mente para enfrentar as circunstâncias que causam emoções negativas, você não precisa se submeter a situações em que é injustiçado e abusado.


Por exemplo, se a cultura da empresa onde trabalha é muito agressiva, ou se o seu chefe é desumano, busque outras oportunidades.


Outro exemplo: se o trânsito o estressa diariamente, pense em outras maneiras de ocupar esse horário, como se matricular em uma academia perto do trabalho.


Além disso, você pode optar por fazer um curso nesse horário em um local que evite o deslocamento pelos pontos críticos da cidade.


Sempre haverá um preço, mas se for possível substituir uma dessas atividades por outra que faz bem (como os exercícios), os benefícios para a sua saúde física e saúde mental serão ainda maiores.


Cuide da sua saúde mental, emocional e saúde física


A saúde mental tem relação com fatores biológicos e socioeconômicos, e pode ser desencadeada por rotinas estressantes, doenças, mudanças sociais e até por um estilo de vida não saudável.


E por este motivo, todas as áreas da vida são afetadas pelo emocional e vice-versa. Algumas práticas e mudanças de hábitos, no entanto, podem ajudar a preservar a saúde emocional para lidar com adversidades.


A alimentação saudável é uma delas, já que a falta de nutrientes pode afetar as capacidades cognitivas e também contribuir com o desenvolvimento de alguns distúrbios psicológicos.


A prática de atividade física também ajuda a diminuir os efeitos da ansiedade e pode gerar outros benefícios para o corpo, prevenindo doenças no coração e aumentando a energia para as tarefas cotidianas.


O cuidado com a saúde mental, emocional e também a saúde física precisa ser diário, por isso é importante priorizar momentos para relaxar, manter uma boa rotina de sono, praticar exercícios e cultivar relações construtivas.


E você, o que faz para cuidar da sua saúde mental, física e emocional? Conta aqui nos comentários.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo