Crise no casamento: como superar?



Um dos principais desafios da vida pessoal é ter que lidar com a personalidade, comportamento e características das pessoas com as quais convivemos. Em um casamento, isso se torna ainda mais complicado. Afinal, compartilhar uma rotina significa, também, dividir problemas e preocupações.


O grande problema é que as pessoas casam acreditando que vão viver um conto de fadas quando, na verdade, a rotina, o desgaste e as responsabilidades impactam no casamento. Além disso, quando nascem os filhos, a convivência pode se tornar ainda menos prazerosa.


Se o casal não estiver preparado para enfrentar esses momentos, provavelmente o relacionamento chegará ao fim. Assim, com a falta de carinho e o afeto entre os dois, iniciam-se as discussões e desacordos, fazendo com que um perca o interesse pelo outro.


Crises podem surgir em todo casamento, independente da união e convivência do casal, dos filhos, familiares, trabalho, e por aí vai. Tudo começa quando o casal não consegue mais se entender, então, começam a ver defeito em tudo que o outro faz.


6 dicas para superar uma crise no casamento


São vários os fatores que podem impactar o convívio do casal, que enfrentam momentos de dificuldades e não percebem. Há pessoas, inclusive, que acreditam que a superação é o melhor caminho, pois, algumas vezes, esses problemas parecem não ter solução.


Entretanto, dependendo da gravidade da situação, alguns gestos simples e pequenas atitudes podem ajudar a superar a crise no casamento. Dessa forma, a melhor saída nestes casos é tomar iniciativa para resolver o problema, afinal, pode ser que o outro não tenha percebido uma atitude de abertura de conversa.


1. Reconheça seus erros


O primeiro passo é identificar e reconhecer seus erros. Embora pareça simples, às vezes o casal não consegue deixar o orgulho de lado para reatar a boa convivência. Uma vez que há um desentendimento, é comum culpar o outro ao invés de entrar em um acordo.


Um exemplo é quando há uma discussão entre ambos e nenhum deles consegue pedir desculpas e reconhecer que não houve diálogo. Essa ação é capaz de desenvolver um dos piores vilões da sociedade contemporânea: o orgulho próprio.


2. Alimente o respeito


O respeito é a base de todo relacionamento, pois só com ele conseguimos entender o ponto de vista do outro e a importância que cada um tem para manter a relação.


O ideal é que o casal se respeite involuntariamente. Caso contrário, se ambos perderem o respeito, dificilmente será possível construir laços emocionais novamente. Por isso, alimentar o respeito deve ser algo constante e frequente.


3. Diálogo


Um dos fatores que mais influenciam na separação é a falta de diálogo. Os casais deixam de se comunicar por conta da falta de tempo, correria do dia a dia, necessidade de auxiliar filhos e amigos, o que pode causar um afastamento enorme entre eles.


O diálogo é um passo fundamental para que não aumente ainda mais a distância entre o casal. Dito isto, separe um momento para conversar sobre o dia do parceiro e para relatar seus sentimentos. Lembre-se que pequenos gestos fazem toda a diferença.


4. Fortaleça a intimidade


Intimidade significa ser descontraído e informal. Quando o relacionamento não está muito bem, na maioria das vezes, a intimidade do casal já não existe mais. Sendo assim, é fundamental que ambos estejam dispostos a retomar esse momento.


Nesse sentido, uma ideia é organizar um jantar romântico ou uma viagem para um lugar paradisíaco. Tentem namorar e se curtirem como na época do namoro. A falta de intimidade pode afetar completamente o casal e, por isso, vale a pena recuperá-la.


5. Confiança


Outro elemento essencial para superar uma crise no casamento é a confiança. Essa é uma das virtudes mais importantes da vida, e em um relacionamento não é diferente. Afinal, se não existir confiança em uma relação, dificilmente ela poderá sobreviver.


6. Erros do passado


Por fim, é importante ressaltar que não há necessidade de trazer lembranças ruins só para ferir seu companheiro. É extremamente frustrante se deparar com momentos que lhe causaram mal e reviver isto, pois somente irá gerar brigas que já ficaram para trás.


Sendo assim, é de extrema importância criar laços de compreensão nos momentos de preocupação e dificuldade. Então, busquem sempre praticar a compaixão e o perdão. Tenha em mente que guardar mágoa só trará novas crises ao casamento.


A importância da terapia de casal


A terapia de casal é uma forma de acolhimento, que acontece em um ambiente confortável e cômodo, no qual o casal tem a oportunidade de manifestar suas questões internas, desabafar e encontrar as melhores estratégias para melhorar ou salvar a relação.


O principal papel do terapeuta é facilitar a comunicação entre o casal e identificar os melhores caminhos para solucionar os conflitos. Esse profissional pode ser visto como um ‘’mediador’’ e que, de forma cautelosa, manifesta questionamentos que levam a reflexão.


Na maioria das vezes, as sessões são realizadas semanalmente, mas dependendo dos problemas do casal - sejam eles financeiros, familiares ou profissionais - é possível que os encontros aconteçam a cada quinze dias.


Porém, caso as sessões não façam efeito na vida do casal, o terapeuta pode sugerir que as partes façam os encontros individualmente, a fim de tratar traumas pessoais. Em outro momento, o terapeuta pode reunir o casal para dar continuidade a terapia dupla.


Como saber quando procurar ajuda?


São vários os motivos que levam uma pessoa a buscar pela terapia de casal. A falta de compreensão com o outro, de empatia e o não reconhecimento das limitações pode causar impactos quase impossíveis de serem solucionados.


Uma vez que se percebe que não é possível superar essas crises, e que as tentativas de manter o relacionamento não fazem mais efeito, talvez seja a hora de buscar por um terapeuta especializado em relacionamentos.


Além disso, é válido ressaltar que a terapia pode ser inserida na vida do casal como uma medida preventiva, principalmente quando pequenas questões começam a surgir e atrapalhar a convivência entre o casal.


Portanto, é interessante buscar pela terapia de casal ao identificar problemas que, inicialmente, não afetam o relacionamento, mas que, posteriormente, podem apresentar desgastes ao relacionamento.



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo